O Prêmio CAPES de Tese, em sua 16ª edição, escolheu uma tese de doutorado (defendida no Brasil em 2020) de cada colégio de avaliação (Ciências da Vida, Humanidades e Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar) para recebimento do prêmio, e até duas para recebimento de menção honrosa. É com alegria que informamos que, dentre elas, produções da Universidade de Brasília foram reconhecidas em sua importância para o contexto do país, a área de conhecimento e sua singularidade. Além desses fatores, foram consideradas  a qualidade e quantidade de publicações decorrentes da tese, sua metodologia, redação, estrutura e organização do texto.

 

 As(os) estudantes homenageadas(os) foram: Milena Samora dos Santos (do programa de Educação Fìsica, orientada por Lauro Casqueiro Vianna), Maíra Nunes Pereira (do programa de Ciências da Saúde, orientada por Guilherme Martins Gelfuso e co-orientada por Marcílio Cunha-Filho), Maria de Fátima Medeiros de Souza (do programa de Artes Visuais, orientada por Emerson Dionisio Gomes de Oliveira e co-orientada por Elaine Cristina Dias), Alécio Nunes Fernandes (do programa de História, orientado por Maria Filomena Pinto da Costa Coelho e co-orientado por Bruno Guilherme Feitler), Márcia Cristina Oliveira da Rocha (do programa de Nanociência e Nanobiotecnologia, orientada por Sônia Nair Bao) e Júlio César Lopes de Jesus (do programa de Política Social, orientado por Maria Lúcia Lopes da Silva). O Decanato de Pós-Graduação parabeniza cada estudante pelo reconhecimento e excelência de seus trabalhos. 

 

Segundo o site oficial da Capes, as(os) selecionadas(os) receberão bolsa de até um ano para estágio pós-doutoral em uma instituição nacional, além de certificado e medalha. Orientadores ganharão um prêmio para participação em evento acadêmico-científico nacional, no valor de até R$3.000 e certificado, que também será oferecido aos co-orientadores e ao Programa de Pós-Graduação no qual a tese foi defendida. Três serão agraciados com o Grande Prêmio, um por cada Colégio de Avaliação: uma bolsa para estágio pós-doutoral em uma instituição internacional, por até 12 meses, além de certificado e troféu. Cada orientador vai receber premiação de R$9.000, para participar de congresso no exterior e certificado de premiação que também será entregue aos coordenadores e ao Programa em que a tese foi defendida. Os vencedores do Grande Prêmio serão conhecidos em dezembro. Ademais, o prêmio é uma movimentação coletiva de reconhecimento da produção científica brasileira, pois, além da CAPES, instituições parceiras como a Fundação Carlos Chagas, a Comissão Fulbright e a Dimensions Sciences premiarão também teses vencedoras. 

Para mais informações, clique aqui